Trump revela dados confidenciais a russos e preocupa europeus

Presidente dos EUA será recebido com desconfiança na cúpula da Aliança Atlântica

Os europeus estão preocupados com a informação de que Donald Trump revelou dados confidenciais aos russos. Bruxelas, por exemplo, questiona se o presidente dos Estados Unidos é confiável no momento em que faltam apenas alguns dias para a estreia dele no cenário internacional.

Trump será recebido com desconfiança na cúpula da Aliança Atlântica, na Bélgica, e na Sicília, local do encontro do G7. O presidente norte-americano vai se reunir com líderes de países com os quais os Estados Unidos têm acordos de partilha de inteligência.

A demissão do diretor do FBI James Comey, a relação conflitante agências de espionagem e a troca de informações confidenciais com Moscou deixaram aliados céticos com a capacidade do presidente de dirigir a primeira potência mundial. Além disso, a declaração de Trump de que "tem direito de compartilhar os dados que bem entender com a Rússia" deixou os líderes do Velho Continente espantados.

A partir de agora, os países aliados devem hesitar em repassar informações de inteligência aos Estados Unidos.

Veja também
Campanha de Trump foi assunto na 1ª fase da Unesp 
Trump diz que grande conflito com Coreia do Norte é possível

Compartilhar

Deixe seu comentário