Ataques no Afeganistão deixa mortos e feridos

Atentados contra cerca de 15 postos policiais nos distritos de Zerai e Maiwand começaram na última segunda-feira (13)

Pelo menos 22 polícias e 45 talibãs morreram, e outros 15 agentes e 35 insurgentes ficaram feridos em vários ataques a postos de controle na província de Kandahar, no Sul do Afeganistão, informou nesta terça-feira (14) à Agência EFE, uma fonte policial.

Os ataques coordenados contra pelo menos 15 postos de controle da polícia nos distritos de Zerai e Maiwand começaram no final da tarde da última segunda-feira (13) e se prolongaram até a madrugada desta terça-feira, disse o porta-voz da polícia de Kandahar, Matiullah Helal.

"Neste grande ataque, os talibãs queriam capturar estes postos de controle situado na primeira linha, mas foram derrotados e obrigados a retroceder", explicou Helal, garantindo que a situação de segurança no momento é normal.

Controle de território

Na ação insurgente coordenada, um carro carregado de explosivos também foi utilizado. Os postos de controle atacados estão na proximidade da fronteira com a província de Helmand, onde os talibãs controlam nove dos seus 14 distritos.

Um membro da administração local, que pediu anonimato, qualificou o ataque de "sério", numa tentativa dos insurgentes de tomar o controle de mais território na província, onde até o momento apenas dominam algumas áreas.

Um porta-voz dos talibãs, Qari Yousef Ahmadi, reivindicou os ataques através de uma mensagem na rede social Telegram, onde elevou o número de polícias mortos para 43, "cujos corpos permanecem no campo de batalha", afirmou.

Compartilhar

Deixe seu comentário