Ministro da Cultura pede demissão; Freire assume

Marcelo Calero alegou questões pessoais para sair do cargo

O ministro da Cultura, Marcelo Calero, pediu demissão do cargo nesta sexta-feira alegando razões pessoais.

Um comunicado da pasta deverá ser divulgado com a confirmação da saída de Calero e uma carta de demissão enviada por ele ao Palácio do Planalto.

O ministro conversou por telefone com o presidente Michel Temer (PMDB), que está em São Paulo. O Palácio do Planalto confirmou a informação e disse que o presidente aceitou o pedido de demissão.

O presidente Michel Temer convidou o deputado Roberto Freire (PPS-SP) para ocupar o cargo de ministro da Cultura após o pedido de demissão de Marcelo Calero. O parlamentar aceitou o convite.

Você lembra?
Temer extinguiu e depois recriou Ministério da Cultura 

Compartilhar

Deixe seu comentário