Pesquisa: 94% não se veem representados pela classe política

Levantamento do instituto Ipsos aponta também que 74% dos entrevistados são contra o voto obrigatório

Uma pesquisa realizada pelo instituto Ipsos traz um dado alarmante para a classe política brasileira. De acordo com o levantamento, divulgado neste domingo pelo jornal O Estado de São Paulo, apenas 6% dos eleitores se veem representados por políticos em quem já votaram.

Tal desconfiança atinge também a percepção dos eleitores sobre a própria democracia. Isso porque só metade dos entrevistados considera que esse é o melhor regime para o Brasil, enquanto que um terço dos eleitores acham o contrário.

Questionados especificamente sobre o modelo brasileiro de democracia, 38% declararam seu apoio, enquanto 47% se posicionaram de maneira contrária.

Ainda de acordo com a pesquisa, 74% dos entrevistados são contra o voto obrigatório.

Problema do Brasil é o sistema político

A pesquisa do instituto Ipsos indicou também que, para 81% dos eleitores, “o problema do Brasil não é o partido A ou B, mas o sistema político”. Aliás, 94% dos entrevistados declararam que os políticos que estão hoje no poder não representam a sociedade, contra apenas 4% que acham o contrário.

Os dados da pesquisa realizada pelo instituto Ipsos fazem parte de um levantamento chamado Pulso Brasil, feito mensalmente desde 2005 para monitorar a opinião pública sobre política, economia, consumo e questões sociais.

Ao todo foram ouvidas 1,2 mil pessoas, em 72 municípios, entre 1º e 14 de julho. A margem de erro é de três pontos porcentuais para mais ou para menos.


Leia também:
Farra das passagens: 72 deputados são denunciados
Sessão da comissão da Reforma Política é suspensa após tumulto

Compartilhar

Deixe seu comentário