Anthony Garotinho é preso durante programa de rádio no Rio de Janeiro

Atração continuou no ar, mas com outro apresentador; ex-governador é alvo de mandado de prisão domiciliar

O ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho foi preso pela Polícia Federal (PF) nesta quarta-feira (13).

Garotinho é alvo de um mandado de prisão domiciliar.

O ex-governador apresentava um programa na Rádio Tupi, na zona norte do Rio, quando o mandado de prisão domiciliar foi cumprido. A atração continuou no ar, mas com outro apresentador.

O carro da PF levou Garotinho para Campos, onde será cumprida a prisão domiciliar.

Jornal da Band: Garotinho é preso acusado de ameaçar testemunhas

Prisão em 2016
O ex-governador foi preso no dia 16 de novembro de 2016 pela Polícia Federal por suspeita de envolvimento em um esquema de compra de votos no município de Campos dos Goytacazes, no norte Fluminense.

No dia 26, Garotinho foi liberado após votação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que determinou a substituição da prisão preventiva por medidas cautelares. Ele pagou uma fiança no valor de R$ 88 mil.

Assista: Garotinho passa mal ao ser preso; relembre

Compartilhar

Deixe seu comentário