Tamanho de fonte
Atualizado em quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015 - 17h33

Carnaval do AM terá redução de R$ 2,5 milhões

Com Brasil em crise econômica, Governo reduz custos do Carnaval; mas patrocínio das escolas foi o mesmo de 2014
Patrocínio para escolas de samba foram o mesmo de 2014 / Henrique Farias/Arquivo Patrocínio para escolas de samba foram o mesmo de 2014 Henrique Farias/Arquivo

A política de contenção de custos, anunciada pelo Governo do Amazonas, por ocasião da crise econômica brasileira atual, envolveu também todos os eventos apoiados, promovidos e realizados a respeito do Carnaval 2015, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (SEC).

 

Os custos foram reduzidos em R$ 2,5 milhões este ano e envolvem tanto apoio a diversas bandas carnavalescas da capital e interior quanto a infraestrutura para o desfile das Escolas de Samba de Manaus.

 

Mesmo com a redução de gastos, a SEC manteve o mesmo patrocínio do ano passado para as escolas de samba e promove, pela primeira vez, Carnaboi em todas as zonas de Manaus.

 

De acordo com o governador do Amazonas, José Melo, é preciso que os foliões entendam a real situação pela qual passa o país diante da crise econômica.

 

“Teremos um grande Carnaval, com toda criatividade e alegria de nosso povo e o Governo está dispondo de verba para que isso ocorra, mas com contenção. Não podemos fazer o que não dá. Há vários Estados que não farão Carnaval nas suas cidades. Procuramos uma outra realidade porque sabemos da importância cultural do Carnaval”.

 

Os Desfiles das Escolas de Samba de Manaus acontecem desde quinta-feira, 12, até sábado, 14, no Sambódromo. No Domingo, 15, terá o Concurso de Fantasia Adulto, no Teatro Amazonas e, na Segunda Gorda de Carnaval, 16, o Carnaboi acontecerá em cinco zonas da cidade.