Tamanho de fonte
Atualizado em terça-feira, 13 de março de 2018 - 17h34

Trabalhos na Avenida Djalma Batista continuam

Até ontem, metade do trabalho estava concluído; obras continuam, mas ainda sem data para acabar
Chuvas provocam atrasos e paralisações nas obras / Alexandre Fonseca/Seminf Chuvas provocam atrasos e paralisações nas obras Alexandre Fonseca/Seminf

As equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) seguem em ritmo intenso com os trabalhos de recuperação da rede de drenagem profunda da Avenida Djalma Batista. Entretanto, ainda não foi divulgado um prazo para terminar.

 

Nesta segunda-feira, 12, os trabalhos estavam 50% concluídos.

 

Nesta fase, está sendo retirada a antiga tubulação. Paralelamente, está sendo construída uma caixa coletora de concreto armado para que seja desviada a nova rede. Dessa maneira, a nova tubulação não passará sob as edificações.

 

Segundo o titular da Seminf, Marcos Rotta, com a chuva, o trabalho exige uma preocupação maior com a segurança. “A chuva nos obriga, ainda mais, a aumentar o nosso grau de segurança em relação aos desbarrancamentos e, principalmente, aos nossos trabalhadores que aqui estão”.

 

Trânsito monitorado

Agentes do Manaustrans estão de plantão nas vias do entorno da Djalma Batista para monitorar o trânsito e orientar os condutores sobre os desvios. A principal recomendação é para que os motoristas evitem as vias que dão acesso ao trecho em obras: João Valério e Pará.

 

Somente em caso de necessidade, para acessar a Djalma Batista, o Manaustrans orienta:

- Sentido bairro/Centro - Entra à direita na rua João Valério; atravessa a av. Constantino Nery, acessa à esquerda na alça de retorno da rua Arthur Bernardes, segue pela rua Pará para chegar novamente na av. Djalma Batista e seguir em direção ao Centro.

- Sentido Centro/bairro - A Rua Pará está com trânsito liberado. Portanto, o condutor poderá acessar a Pará e entrar, à esquerda, na rua Rio Madeira para ter acesso à rua João Valério e, assim, chegar à avenida Djalma Batista para seguir no sentido bairro.

 

Para dar mais fluidez, a Prefeitura liberou a circulação da faixa exclusiva de ônibus, a ‘Faixa Azul’, nas avenidas Constantino Nery, Torquato Tapajós, Umberto Calderaro e Mario Ipiranga.