BandNews FM BH
Nativa FM 103,9
Tamanho de fonte
Atualizado em segunda-feira, 15 de janeiro de 2018 - 15h16

Pedalando pelo Brasil

Conheça o criativo projeto de um ciclista francês e uma ONG brasileira de prevenção e combate à corrupção

Se pedalar por 25 dias, passando por três Estados brasileiros e o Distrito Federal em prol de um país mais justo e livre de corrupção já é uma missão inusitada até para um brasileiro, imagine para um francês? Pois foi o que o ciclista Stéphane Gallet fez entre os meses de outubro e novembro do ano passado, quando percorreu mais de 1.700km de bicicleta em um interessante projeto de combate e prevenção à corrupção.

 

Intitulada de “Pedal Pacto Pelo Brasil”; a ideia é uma parceria entre a ONG Observatório Social do Brasil e a empresa de turismo de Gallet. O objetivo, segundo os organizadores, foi instalar observatórios sociais pelas cidades por onde o ciclista passou. Tais observatórios, por sua vez, são equipes que têm como função vigiar os processos de compras e aplicação do orçamento público de uma região. Qualquer pessoa interessada pode formar um desses em sua cidade.

 

“Foram avaliados 25 projetos para participar ou serem apoiados, com temas distintos, como saúde, educação, violência e meio ambiente. Analisei que o trabalho do Observatório Social do Brasil tinha o melhor custo-benefício, pois um trabalho mais eficaz do governo volta como benefício para todo mundo e em todas as áreas”, explica Gallet. Além de tentar ampliar a causa dos Observatórios, o Pedal Pacto pelo Brasil ainda arrecadou fundos para manter as causas já existentes.

 

O ciclista ressalta a importância do trabalho realizado para a consciência política dos brasileiros envolvidos. “Foi gratificante para todo mundo que se envolveu. De todas as cidades visitadas, 12 já estão criando seus próprios observatórios, além da grande repercussão que eles tiveram Brasil afora, recebendo várias pessoas interessadas na multiplicação do projeto”.

 

Gallet conta que a recepção nas cidades ultrapassou todas as expectativas. “A corrupção é um problema que está no mundo todo e em cada lugar temos que avaliar a forma de combatê-la. Foi muito bom ver que a sociedade brasileira está pronta para se mover além dos problemas e que busca soluções”, conclui.

 

Como participar

 

Para saber mais sobre como colaborar com a expansão do trabalho do Observató- rio Social do Brasil, acesse o site www.osbrasil.org.br.