BandNews FM BH
Nativa FM 103,9
Tamanho de fonte
Atualizado em segunda-feira, 15 de janeiro de 2018 - 14h53

Galo encerra participação na Flórida Cup com derrota

Em duelo com o xará Atlético Nacional, da Colômbia, Galo perde e dá adeus ao torneio sem ao menos balançar as redes
Adilson foi um dos poucos atletas conhecidos escalados para o torneio / DIVULGAÇÃO Adilson foi um dos poucos atletas conhecidos escalados para o torneio DIVULGAÇÃO

O Atlético encerrou com derrota sua participação na Flórida Cup deste ano. Depois de perder na estreia para o Ragers, da Escócia, por 1 a 0, o misto de jogadores sub-23 com atletas reservas entrou em campo contra o xará Atlético Nacional, da Colômbia, e foi surpreendido com um revés de 2 a 0. Rentería e Lacumí marcaram os gols da partida, que foi disputada ontem à tarde, no Spectrum Stadium, em Orlando.

 

Esse foi o pior desempenho atleticano nas três vezes em que participou do torneio norte-americano, com três gols sofridos e nenhum marcado a favor. Após ter sido campeão em 2016, com duas vitórias, o Galo também disputou a competição no ano passado, quando voltou para casa com uma vitória e uma derrota.

 

Agora, o próximo compromisso do Atlético na temporada será pelo Campeonato Mineiro, quando a equipe alvinegra enfrenta o Boa Esporte, na quinta-feira, às 19h30, em Varginha.

 

Misto sem entrosamento

 

Em seu segundo jogo no Torneio da Flórida, o Galo não conseguiu repetir o mesmo ritmo da estreia e foi muito mal em campo. Superior, o Atlético Nacional mostrava desde o apito inicial que sua proposta era partir para cima.

 

Após desperdiçar três chances claras, o time colombiano finalmente abriu o placar ao 37 minutos com Andrés Rentería, que aproveitou passe preciso de Gustavo Torres para fazer 1 a 0. 

 

O cenário da partida não mudou muito na etapa final e o Galo seguia sem incomodar, enquanto o xará colombiano levava perigo sempre que subia ao ataque. Aos 20 minutos, o adversário quase ampliou em chute de Aldo Ramírez. Porém, cinco minutos depois, Lucumí finalizou de fora da área sem chance para Cleiton, e marcou o segundo gol para o Atlético Nacional.

 

O Galo ainda tentou descontar antes do apito final, mas a falta de ritmo e entrosamento pesou, e o placar ficou mesmo em 2 a 0.