Preso suspeito de estuprar psicóloga em SP

Com carro quebrado, em São Paulo, vítima foi abordada por um homem que se passou por mecânico e, em seguida, a atacou


Um homem suspeito de ter estuprado uma psicóloga na marginal Tietê, na noite dessa quarta-feira, em São Paulo, foi detido na tarde desta quinta-feira. Ela tafegava pela via quando seu veículo quebrou na pista, nas proximidades da ponte Estaiada Orestes Quércia, na região central da cidade. Segundo a polícia, o homem confessou o crime. 

Uma viatura da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) teria orientado a moça a parar o carro em um local com pouco trânsito e aguardar a chegada de um guincho, que seria enviado pelo seguro. Minutos depois, um homem, passando-se por mecânico, ofereceu-se para ajudá-la. A vítima aceitou. 

Leia a posição da CET sobre o caso

O estuprador disse que precisava buscar uma ferramenta em outro local, que passava por uma viela. A mulher acompanhou-o. O falso mecânico, então, ameaçou a psicóloga com uma barra de ferro e estuprou-a. Ele fugiu logo depois.

A vítima pediu auxílio a uma base da GCM (Guarda Civil Metropolitana), próxima do local do crime. Os policiais levaram-na para o Hospital Pérola Byington, que é referência no atendimento à saúde das mulheres. Depois do atendimento, a psicóloga registrou boletim de ocorrência no 2º Distrito Policial. 

Compartilhar