Homem e refém estavam juntos na Catedral da Sé

Após missa, casal começou a discutir e, fora da Igreja, acusado rendeu a mulher

O tiroteio na escadaria da Catedral da Sé deixou um morador de rua e o suspeito mortos no centro de São Paulo nesta sexta-feira. O acusado entrou com uma mulher na Igreja e assistiu à missa com ela. O casal começou a discutir e, fora da Catedral, o homem fez a vítima refém.

 

O segurança da Igreja, que percebeu que o homem estava armado, esperou ele sair do local e fechou a porta principal da Catedral.


O acusado atirou no morador de rua que tentou ajudar a refém. A polícia, por sua vez, atirou no rapaz. Os dois morreram no local e a mulher ficou ferida.


Houve uma grande correria. O padre chegou a pedir para as pessoas que estavam dentro da Igreja terem calma. Elas saíram do local pelas portas laterais.


O drone da Band filmou com exclusividade o ocorrido.

O transito já foi liberado, mas o aglomerado de pessoas ainda continua.

Compartilhar

Deixe seu comentário