Imigrantes chegam ao Rio na popa de navio

Dupla, que viajou por 20 dias no leme da embarcação, será deportada

Dois imigrantes nigerianos foram encontrados na popa do navio Corsair, que levava a bandeira do Panamá, na manhã desta sexta-feira, no Rio de Janeiro. A companhia portuária Docas informou que a embarcação estava na Baía de Guanabara desde a tarde da última quarta-feira.

Ainda de acordo com as Docas, os imigrantes estavam debilitados, pois, além de cansados, apresentavam sinais de desidratação. Eles foram levados para a sede da Polícia Federal no Rio para prestar depoimento e as autoridades decidiram que os dois, depois de terem passado 20 dias viajando no leme do navio, serão deportados. 

Quem descobriu os imigrantes foi o estivador do Porto do Rio Carlos Alberto de Jesus Soares, que, após o ocorrido, divulgou a informação à Rádio BandNews Fluminense FM.

O navio veio da Nigéria sem carga e está sendo abastecida no Rio com carga de ferro gusa.

A Nigéria é palco de ataques da organização terrorista e fundamentalista islâmica Boko Haram e, por isso, muitos habitantes estão deixando o país.


Congolês sobrevive dando aulas de francês no Brasil

Escritora que nasceu em campo de refugiados investiga história da família

Refugiado sírio sonha em abrir restaurante no Brasil

Segundo o ouvinte, os viajantes seriam da Nigéria

Carlos Alberto de Jesus Soares/BandNews FM

x
Carlos Alberto de Jesus Soares/BandNews FM

x
Carlos Alberto de Jesus Soares/BandNews FM

Você viu essas notícias?

Homem faz tattoo de Dilma com rosto de diabo

Máquina capaz de lavar sangue salva garoto

Britânico tem conta no Facebook suspensa devido a seu nome

Jovem trans mostra transformação após tratamento hormonal; veja

Assista

Mulher é encontrada morta dentro de geladeira

Mulher é encontrada morta dentro de geladeira

Reprodução

Galeria de fotos

Esquilo-fêmea faz sucesso no Instagram


Jill é uma esquilo-fêmea de dois anos que foi resgatada do furacão Isaac

this_girl_is_a_squirrel/Instagram

Compartilhar