Helicóptero da PM é abatido e 4 PMs morrem no RJ

Aeronave foi derrubada a tiros por bandidos da região

Um helicóptero da Polícia Militar do Rio de Janeiro caiu depois de ser atingido por tiros de bandidos na Cidade de Deus, na Zona Oeste da capital fluminense. Segundo a PM, quatro policiais morreram por conta da queda da aeronave.

Segundo a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da comunidade, a queda ocorreu durante uma intensa troca de tiros com criminosos. Mais cedo, um outro tiroteio chegou a fechar por 40 minutos a Linha Amarela, uma das principais ligações entre as zonas Norte e Oeste do Rio.

De acordo com a BandNews FM, os PMs mortos na queda do helicóptero são o subtenente Camilo Carvalho, o major Rogério Melo Costa, o capitão William Schocht e o sargento Felix Rainha.

A aeronave é do modelo Esquilo. Segundo especialistas ouvidos pela rádio BandNews FM, este tipo de helicóptero é usado pela polícia para fazer apoio visual e levar informação às equipes no solo, não diretamente em áreas de conflito, já que, por ser leve, não pode ser blindado. 

Em nota, a PM informou que as causas da queda serão apuradas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Um policial foi baleado durante troca de tiros com bandidos da Cidade de Deus na noite deste sábado e foi encaminhado ao hospital em estado estável.

Veja imagens do momento da queda do helicóptero:

Esta não é a primeira vez que um helicóptero da PM é abatido por criminosos na capital fluminense. Em 2009, uma aeronave foi derrubada por traficantes do Morro do Macaco, na Zona Norte da cidade. Três policiais militares morreram na ocasião.

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio de Janeiro afirmou que, por conta de uma operação policial, ambos os sentidos da Linha Amarela e trechos da Avenida Ayrton Senna, na região da queda da aeronave, ficaram interditados por horas.

Compartilhar

Deixe seu comentário