Motorista de Camaro envolvido em racha se apresenta à polícia, no ABC

Em depoimento, o suspeito – desaparecido até a última quarta-feira (10) - negou que estivesse acima do limite de velocidade

O dono do carro Camaro, suspeito de participar do racha na Rodovia dos Imigrantes, na altura do km 30, sentido a capital paulista, na noite da última terça-feira (9), que terminou com a morte de duas pessoas se apresentou no 3º Distrito Policial de São Bernardo, no ABC, na Grande São Paulo, nesta quinta-feira. 

O homem, de 46 anos, é policial civil ativo na delegacia do Cambuci, no Centro de São Paulo e, por enquanto, não terá a identidade revelada.

A apresentação do agente ocorreu junto com um advogado e o delegado responsável pelo caso. No depoimento, o suspeito negou que estivesse acima do limite de velocidade ao dizer que não viu o acidente.

Envolvidos 

Não existe razão para que ele fique preso neste momento, segundo o delegado. Ainda nesta quinta-feira (11), devem chegar novas imagens das câmeras de segurança da concessionária Ecovias.

De acordo testemunhas, a competição ocorreu junto a um Mercedes Benz, no entanto, este automóvel colidiu em um carro Ford EcoSport por excesso de velocidade. O motorista do Camargo esteve desaparecido até a manhã da última quarta-feira (10), mas resolveu se entregar à polícia.

Mercedes Benz bateu em um Ford EcoSportCarro Ford EcoSport foi atingido na traseira e pegou fogo

Veja a reportagem: Racha termina com a morte de duas mulheres

Compartilhar

Deixe seu comentário