Bombeiros sofrem intoxicação após contato com lama em Brumadinho

Tenente-coronel revelou que alguns profissionais passaram mal durante as buscas

O coordenador-adjunto da Defesa Civil de Minas Gerais, tenente-coronel Flavio Godinho, revelou que alguns bombeiros tiveram intoxicação por causa do contato com a lama em Brumadinho, em Minas Gerais, onde uma barragem se rompeu na última sexta-feira, 25. No entanto, o oficial não soube precisar quantos passaram mal.

O tenente-coronel disse que todos estão recebendo o apoio das equipes de saúde e que esse cenário já era esperado. Isso porque a lama tem na composição elementos químicos usados no processamento do minério.

Até agora, são contabilizados 65 mortos e 279 pessoas desaparecidas.

Compartilhar