Rádio Bandeirantes
Rádio BandNews FM 99.3
Band TV
Terraviva
Tamanho de fonte
Atualizado em terça-feira, 28 de outubro de 2014 - 11h53

Mãe de Sartori queria que filho fosse padre

Familiares do novo governador do Rio Grande do Sul comemoram resultados das urnas
Marcos (Filho), Dona Elza (mãe) e Carolina (filha) de Sartori, concederam entrevista ao repórter Glauber Fernandes / Glauber Fernandes Marcos (Filho), Dona Elza (mãe) e Carolina (filha) de Sartori, concederam entrevista ao repórter Glauber Fernandes Glauber Fernandes

A vitória de José Ivo Sartori para o governo do estado alterou e muito a rotina de uma moradora em especial do município de Antônio Prado, na serra gaúcha. Acostumada a uma vida pacata, Dona Elza, mãe do governador eleito, teve um dia de destaque, nessa segunda-feira.

 

Dona Elza ficou muito conhecida após participar de uma peça da propaganda política do então candidato pedindo que ele se comportasse e não brigasse com os competidores. A mãe de Sartori revelou que teve receio quando o filho disse que iria concorrer ao cargo.

 

Mesmo após ele ter exercido cargos no Executivo e Legislativo, Dona Elza acredita que ser governador é uma responsabilidade tremenda. Ainda desacostumada aos holofotes, a mãe de Sartori destacou que queria outro futuro para seu filho: o sacerdócio.

 

José Ivo Sartori foi seminarista, mas não seguiu os passos após finalizar os estudos. Dona Elza acredita que foi a ausência da cara de padre que atrapalhou nos planos. Agora, ela quer que o filho ajude a população sendo um bom governador.

Mas não é só a mãe do governador eleito que não gosta de exposição. Os filhos do casal José Ivo e Maria Helena também evitam ao máximo aparecer. Adeptos de uma vida sem fama, Marcos e Carolina, não conseguiram escapar das questões políticas. Mesmo não tendo ligação direta, por terem nascido em outubro e novembro, respectivamente, os aniversários deles são, a cada dois anos, comemorados em meio a disputais eleitorais, como afirma Marcos, filho mais velho.

 

Inseridos no mundo político desde que nasceram, os filhos de Sartori não acreditam em uma grande mudança de comportamento do governador eleito após assumir o cargo. Para Carolina Sartori, a forma como o pai se comportou à frente do Executivo de Caxias do Sul, onde esteve por duas vezes, são as credenciais que ele apresentará.

Mesmo morando na serra gaúcha, Dona Elza, Marcos e Carolina, já avisaram que, no dia 1º de janeiro, quebrarão a rotina e estarão em Porto Alegre para acompanhar a posse de José Ivo Sartori como novo governador do RS.