Rádio Bandeirantes
Rádio BandNews FM 99.3
Band TV
Terraviva
Tamanho de fonte
Atualizado em segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018 - 19h41

Tecnologia amplia capacidade de tratamento e diagnóstico

Recursos tecnológicos predominantes no setor de entretenimento como realidade virtual são utilizadas em hospitais
Tecnologia é imprescindível para interpretações de imagens de tomografias e ressonâncias magnéticas / Shutterstock Tecnologia é imprescindível para interpretações de imagens de tomografias e ressonâncias magnéticas Shutterstock

O uso de tecnologias relacionadas à realidade virtual - como, por exemplo, a realidade aumentada - está cada vez mais comum no setor de saúde no Brasil.

 

Capazes de ampliar a capacidade de diagnóstico e tratamento de diversas enfermidades, a criação de ambientes virtuais para o trato de pacientes promete ser um dos principais artifícios para o futuro da medicina.

 

Segundo o professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Anderson Maciel, a melhora dos softwares - antes dedicados ao entretenimento - permite o avanço da tecnologia em diversos outros campos. De acordo com o professor, a realidade aumentada já é utilizada pela psicologia há mais de uma década: “Há mais de 15 anos que se usa na psicologia a realidade virtual para tratamentos de fobias. Na radiologia, se usa muito em imagens de tomografias e ressonâncias”.

 

O custo para o uso das tecnologias de realidade aumentada e virtual nos hospitais ainda é alto. Contudo, para o professor Anderson Maciel, a tendência é de que os recursos se tornem cada vez mais acessíveis. “Os robôs costumavam ser muito caros mas hoje já estão nos principais hospitais de referência do Brasil. O que não se faz é um planejamento individualizado. Seria muito útil um ambiente virtual em 3D para procedimento em um paciente específico”.

 

A expectativa é de que, em um período de 5 a 10 anos, o uso generalizado destes dispositivos cheguem às casas comuns, criando novas demandas. Desta forma, será possível o desenvolvimento de mais aplicações, experiências e, até mesmo, empregos.