Rádio Bandeirantes
Rádio BandNews FM 99.3
Band TV
Terraviva
Tamanho de fonte
Atualizado em terça-feira, 19 de junho de 2018 - 13h09

Confira receita de xarope caseiro de folhas de louro

Receita é ideal para combater tosse, gripe, febre e resfriado
Folhas de louro são excelente remédio para o sistema respiratório / Pixabay Folhas de louro são excelente remédio para o sistema respiratório Pixabay

Mudanças de temperatura promovem probleminhas respiratórios. Tosse, bronquite, rinite, laringite e todas essas “ites” que quem padece conhece muito bem (meu marido Carlos Eduardo, coitado!). Pesquisa daqui, pesquisa dali na tentativa de ajudá-lo a ter uma vida digna nessa estação, cheguei à folha de louro, profundamente aromática e utilizada na culinária do mundo inteiro (quem não adora colocar no feijão?). Mas não é só. Ela também apresenta excelentes propriedades medicinais, sabia?

 

A catequina, composto presente no louro, ajuda na batalha contra os germes e outros micróbios e também na circulação. Resultado: reduz o muco espesso e congestionante e tem propriedades que aliviam e dão um efeito calmante sobre a garganta, contribuindo para fazer a febre baixar. Por essa razão, chá de louro é tão indicado para ajudar na saúde do sistema respiratório.

 

A medicina oriental indica, além do chá, o xarope de louro como remédio natural. Age instantaneamente sobre a tosse. Portanto, divido a receitinha deste xarope que tenho feito aqui em casa pra você usar com moderação quando e sempre que precisar. É super indicado em casos de tosse seca.


Ingredientes
150ml de água
6 colheres de sopa de açúcar mascavo
1 limão
6 folhas de louro (podem ser as secas)

 

Modo de preparo
Ferva a água. Quando levantar fervura, coloque as folhas de louro e deixe-as cozinhando com a panela tampada por cerca de seis minutos. Desligue o fogo. Espere esfriar. Retire as folhas de louro, transfira o líquido para um frasco, coloque o açúcar mascavo e esprema um limão. Misture tudo muito bem até o açúcar se derreter. Tome 1 colher (chá) do xarope de 3 a 5 vezes por dia. O xarope pode ser conservado na geladeira por no máximo três dias.