Rádio Bandeirantes
Rádio BandNews FM 99.3
Band TV
Terraviva
Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 11 de janeiro de 2019 - 10h01

Rodoviários de Rio Grande suspendem paralisação após 24 horas

Salários de parte da categoria, que estavam atrasados, foram depositados

Os funcionários da empresa Noiva do Mar, que atende grande parte da demanda no transporte coletivo da cidade de Rio Grande, no Sul do estado gaúcho, suspenderam a paralisação que durou 24 horas. Eles reivindicavam o pagamento de vencimentos em atraso.

 

O presidente do Sindicato dos Rodoviários da cidade, Fábio Machado, afirma que as negociações chegaram ao fim com a regularização dos depósitos, que estavam em constante atraso há mais de um ano. “Os funcionários vieram até nós porque solicitaram que o Sindicato estivesse presente e pediram uma assembleia para que fosse definido, porque os pagamentos não haviam sido pagos integralmente. Os trabalhadores que recebiam acima de 2 mil reais não foram quitados os salários e aí os trabalhadores solicitaram que a gente fosse para a frente da empresa e decidir se iriam trabalhar ou não”, relata.

 

Quase 40 mil pessoas tiveram a rotina alterada em função da manifestação. Ainda de acordo com Fábio Machado, a relação dos funcionários com o diálogo dos servidores com a empresa permanece aberto e sem problemas. “A gente tem um bom diálogo com a empresa, nunca buscamos o atrito. Sempre fomos bem recebidos na empresa, sempre fomos bem recebidos pelo sindicato, só que infelizmente a questão do trabalhadores tem direitos e o sindicato tem que auxiliar nisto e ver o lado da empresa que, no caso, não efetua os pagamentos. Então não adianta a gente ter um bom diálogo com a empresa, direção e sindicato e a empresa prejudicar o trabalhador”, afirma.

 

A Viação Noiva do Mar apontou a porcentagem de gratuidade no sistema de transporte público como o motivo para a falta de arrecadação e, como consequência, o atraso nos pagamentos.