Tamanho de fonte
Atualizado em segunda-feira, 19 de agosto de 2019 - 09h54

Suspeitos pela morte de ex-policial são detidos pela PM em Guaratinguetá

 / Divulgação PM Divulgação PM

Um ex-policial de 56 anos foi morto a facadas na madrugada de sábado (17) na região central de Guaratinguetá. A vítima tinha cerca de cinco perfurações pelo corpo e foi encontrado já inconsciente. E desde então iniciaram-se as investigações. De acordo com a polícia civil, o Ex-PM não tinha residência fixa, portanto era morador de rua. 

Por volta das 15h da tarde de domingo (19) a polícia militar abordou um homem com comportamento suspeito na região central de Guaratinguetá. A abordagem ocorreu debaixo de uma marquise de loja e o homem então confessou que estava nervoso desde que um morador de rua havia morrido próximo do local onde estava. O suspeito começou a entrar em contradição até que finalmente confessou que participou do crime e mencionou o nome de outras quatro pessoas.

Um segundo indivíduo foi abordado deitado num quiosque de frente com um estacionamento, e de imediato também assumiu ser um dos autores do crime e confessou que desferiu facadas contra a vítima. Esse indivíduo já constava como procurado da justiça e já havia sido preso por porte de munições em Cunha.

A dupla foi conduzida à delegacia e apenas o que tinha mandado permaneceu preso. O outro indivíduo foi ouvido e liberado. O boletim de ocorrência foi registrado como detenção de suspeito, autoria de homicídio e captura de procurado. O caso segue em investigação.