Tamanho de fonte
Atualizado em quinta-feira, 21 de maio de 2020 - 13h09

Funcionários da JTU fazem paralisação no transporte público de Jacareí

 / Divulgação/Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba Divulgação/Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba

Os trabalhadores da empresa JTU, responsável pelo transporte público em Jacareí, fazem uma paralisação nesta quinta-feira (21), reivindicando o pagamento do adiantamento salarial, que deveria ter sido pago na quarta-feira (20).

 

Os funcionários trabalharam no início da manhã para não prejudicar os moradores que dependem do coletivo para chegar ao trabalho. As atividades foram paralisadas por volta das 8h e não há previsão para que o serviço retome a normalidade. Em nota, o Sindicato dos Condutores de Jacareí lamentou o ocorrido.

 

“A paralisação prossegue até que a empresa realize o pagamento do adiantamento. Não é possível que num momento de crise mundial com a pandemia da corona vírus, que a JTU e o poder público da cidade permitam que os trabalhadores(as) fiquem sem esse adiantamento.”

 

Em nota, a JTU informou que sempre cumpriu pontualmente com os compromissos junto aos seus colaboradores, mas que foi impactada financeiramente pela pandemia e não tem dinheiro para realizar os repasses aos funcionários.

 

“Diante desta situação histórica, e mesmo envidando todos os esforços para contenção de custos, a ocorrência deste evento de força maior impactou a receita de forma imediata, de maneira a impedir a cobertura dos custos operacionais básicos da prestação do serviço.”

 

A empresa solicitou apoio da prefeitura para que os pagamentos aos funcionários sejam feitos e o serviço retomado.

 

A situação excepcional e imprevisível imposta pela pandemia impõe a necessidade de adoção de esforços conjuntos entre Concessionária e Poder Concedente, conforme preconiza a legislação aplicável, com o intuito de manter o serviço público essencial à população.

Nesse sentido, a JTU informa que desde o início da pandemia vem tomando as medidas pertinentes junto à Prefeitura e aguarda agora o posicionamento do parceiro público.”

 

A Prefeitura de Jacareí, em nota, esclareceu que não há pendencias junto à concessionária e que vem analisando, do ponto de vista jurídico e financeiro, o pedido de indenização da empresa. A administração informou estar ciente da diminuição do número de passageiros durante a Pandemia, mas destaca que a empresa recebe um auxílio do Governo Federal e que não possui nenhuma responsabilidade quanto ao atraso da empresa junto a seus colaboradores.

 

“Quanto à paralisação dos colaboradores da concessionária de transporte público JTU, a Prefeitura de Jacareí esclarece que não há pendências junto à concessionária. E que está analisando, do ponto de vista jurídico e financeiro o pedido de indenização da empresa, ciente da diminuição do número de passageiros durante a Pandemia. Destaca-se, ainda, que a empresa, neste momento de Pandemia, recebe auxílio de 20% do Governo Federal para pagamento da folha de pagamento. Portanto, a Prefeitura não reconhece nenhuma responsabilidade quanto ao atraso da empresa junto a seus colaboradores.

Sobre o reajuste da tarifa, vale lembrar que foi suspenso por decisão judicial.”