Tamanho de fonte
Atualizado em quinta-feira, 2 de julho de 2020 - 18h25

Monsenhor Ernesto Cunha morre aos 100 anos em São José dos Campos

.Monsenhor Ernesto Cunha morre aos 100 anos em São José dos Campos / Arquivo Pessoal .Monsenhor Ernesto Cunha morre aos 100 anos em São José dos Campos Arquivo Pessoal

De nome tradicional na região leste e central de São José dos Campos, o Monsenhor Ernesto Cunha faleceu nesta quinta-feira (2), aos 100 anos de vida. Ele era considerado pároco emérito da Paróquia Nossa Senhora da Solenidade, no bairro Vista Verde.

Devido à pandemia do novo coronavírus, não haverá o velório e missa de corpo presente. O sepultamento será de forma privada no Cemitério Horto da Paz.

Cunha entrou em 1938 para o Seminário Diocesano Santo Antônio, em Taubaté, onde cursou o ensino médio. Em 1948, recebeu a ordem do presbiterado por Dom Francisco, passando a ser incardinado na Diocese de Taubaté. Em 1981 com a criação da Diocese de São José dos Campos se incardinou na nova Igreja Particular.