Bolsonaro aumenta para 57 o número de atividades essenciais durante a quarentena

O novo decreto assinado pelo presidente da República inclui academias de esporte e salões de beleza nos serviços essenciais

O presidente Jair Bolsonaro aumenta para 57 o número de atividades essenciais que podem funcionar em meio à pandemia de coronavírus.

Na noite desta segunda-feira, 11, foi publicado o decreto que inclui academias e salões de beleza.

Na semana passada, o presidente já tinha colocado como atividades essencial o ramo da construção civil.

Compartilhar