Economista acredita que demissões serão inevitáveis nos próximos meses

Luiz Carlos Mendonça de Barros, colunista da BandNews FM, admitiu que subestimou a crise do coronavírus no mundo

"Preso" no apartamento, o economista e colunista da BandNews FM Luiz Carlos Mendonça de Barros admite que subestimou a crise provocada pela pandemia do coronavírus que, antes, era focada nos mercados e, agora, virou um pânico mundial, abrangendo outros setores.

INSCREVA-SE NO CANAL BAND JORNALISMO NO YOUTUBE E RECEBA O MELHOR CONTEÚDO QUANDO E ONDE QUISER

“Como você obriga todas as pessoas a ficar em casa, você cria um choque de oferta na indústria de bens e serviços e isso influencia diretamente na demanda", diz.

Ele acredita que demissões serão inevitáveis e o impacto negativo no PIB será grande.

Para o economista, alguns especialistas acreditam que a redução do produto interno bruto dos Estados Unidos, por exemplo, vai chegar a 15%, um cenário que só se compara ao da Segunda Guerra Mundial.

Compartilhar