Delfim: FGTS em fundo é boa iniciativa

Ex-ministro aponta que há risco, mas "probabilidade de ganho é muito maior"

A aplicação de até 30% do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) em um fundo de investimentos em infraestrutura seria uma boa iniciativa, na opinião do ex-ministro da Fazenda Delfim Netto. 

“Existe um risco, mas a probabilidade de ganho é muito maior”, observa Delfim.

Ainda em avaliação, a medida também ensinaria o trabalhador a olhar melhor o que é dele, diz o colaborador da Rádio Bandeirantes.

Compartilhar

Deixe seu comentário