ONU: Ebola pode mutar e ser transmitido pelo ar

Atualmente vírus só infecta uma pessoa que tiver contato com fluidos contaminados

A ONU alertou que o vírus Ebola pode sofrer mutação e se espalhar pelo ar, como a gripe. Atualmente uma pessoa só pode ser contaminada através do contato direto com fluidos contaminados, como sangue ou saliva.

O período de incubação varia de dois a 21 dias e uma pessoa que contraiu o vírus torna-se contagiante logo que os sintomas (dor de cabeça, febre ou vômitos) aparecem.

As autoridades médicas não ratificaram qualquer tratamento para o Ebola, embora remédios experimentais têm sido testados, alguns dos quais com aparente sucesso. Apesar disso, serão necessários vários meses antes de um tratamento ser aprovado e produzido em larga escala.

Em seis meses, o número de mortos em consequência do Ebola, sobretudo na África Ocidental, já ultrapassou os 3 mil, ou seja, cerca de metade dos 6.500 casos registrados, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Nos Estados Unidos, a preocupação aumenta com a possibilidade de transmissão deste vírus mortal após o diagnóstico tardio do primeiro caso fora da África, de um liberiano que chegou em 20 de setembro sem nenhum sintoma, mas que foi diagnosticado com Ebola quatro dias depois.

O paciente procurou ajuda médica no dia 26, mas foi mandado para casa, tendo retornado ao Hospital Presbiteriano de Texas em 28 de setembro e sido colocado em quarentena.

Compartilhar