Quirguistão: avião cai e mata ao menos 37 pessoas

Visibilidade era ruim e havia névoa quando o piloto tentou pousar

Um avião de carga turco caiu perto do aeroporto de Manas, no Quirguistão, matando ao menos 37 pessoas. A maioria são moradores de um vilarejo atingido pelo Boeing 747.

A visibilidade era ruim e havia névoa quando o piloto tentou pousar, segundo a administração do aeroporto. O avião ia de Hong Kong para Istambul e estava prevista uma escala em Manas, cidade próxima à capital do Quirguistão, Bishkek.

A aeronave avançou no solo por algumas centenas de metros pelo vilarejo, se reduzindo a pedaços e danificando cerca de 15 edificações.

Jornal da Band: Avião cai sobre casas e mata 37 pessoas no Quirguistão

Confira galeria com imagens do acidente

Além das 37 pessoas mortas, 43 edificações foram danificadas pela queda do avião em Dacha-Suu. Tendas foram instaladas para acolher os desabrigados em meio às temperaturas de -2ºC na região.

Autoridades identificaram inicialmente o Boeing 747-400 como pertencente à Turkish Airlines, mas a operadora de carga turca ACT Airlines disse ser proprietária da aeronave. "Nosso avião assinado TC-MCL, voando em 16 de janeiro de Hong Kong para Bishkek, caiu ao aterrissar em Bishkek no final da pista por uma razão desconhecida", informou a ACT Airlines em comunicado enviado por e-mail.

"Mais informações serão divulgadas a respeito de nossa equipe de quatro pessoas quando tivermos informações claras".

Veja local aproximado da queda

Compartilhar