Morre Stephen Hawking aos 76 anos

Físico ficou mundialmente conhecido por seus estudos sobre a teoria da relatividade e buracos negros

O físico britânico Stephen Hawking morreu na madrugada desta quarta-feira, dia 14, aos 76 anos. A informação foi divulgada pela família, que afirmou que o óbito aconteceu por causas naturais em sua casa em Cambridge, no Reino Unido.

Filhos de Hawking, Lucy, Robert e Tim afirmaram que "ele foi um grande cientista e um homem extraordinário. Seu legado irá viver por muitos anos. Sua coragem e persistência, além de seu brilhantismo e bom humor, inspiraram pessoas em todo o mundo. (...) Nós vamos sentir sua falta para sempre", segundo o jornal The Guardian.

Aos 21 anos, Hawking foi diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica, doença degenerativa. Com o tempo perdeu os movimentos, ficou em uma cadeira de rodas e desenvolveu uma maneira de se comunicar pelo computador por meio dos músculos faciais.

O cientista tornou-se mundialmente conhecido por seus estudos sobre a teoria da relatividade e buracos negros. O britânico também foi autor de livros científicos populares, entre eles Uma Breve História do Tempo.

Compartilhar

Deixe seu comentário