Irã diz que está pronto para atacar os Estados Unidos

Senado norte-americano aprovou uma resolução para limitar o poder do presidente Donald Trump

O chefe da Guarda Revolucionária de elite do Irã afirmou que o país está pronto para atacar os Estados Unidos e Israel se os países derem motivo.

O major-general Hossein Salami disse que “se cometerem o menor erro, atingiremos os dois”. Ele discursou em uma cerimônia que marcou o 40º dia desde a morte do comandante Qassem Soleimani, morto em uma ação organizada pelo governo americano em Bagdá.

Soleimani chefiava um ramo da Guarda Revolucionária responsável por operações fora do Irã.

Trump tem poderes limitados

Uma resolução aprovada pelo Senado dos Estados Unidos limitou o poder militar de Donald Trump contra o Irã.

Por 55 votos a 45, ficou decidido que o presidente terá que pedir autorização do Congresso antes de qualquer intervenção.

No entanto, os votos ficaram aquém do necessário para anular o veto que já foi prometido pelo próprio Trump. Tanto republicanos quanto democratas afirmam que a medida não têm a intenção restringir a autonomia do presidente, mas apenas fazer valer a Constituição.

Compartilhar