Protestos marcam o Dia Mundial Sem Carne

Ativistas organizaram manifestações na Espanha e na Índia para conscientizar a população sobre o sofrimento dos animais

Ativistas marcaram esta quarta-feira, o Dia Mundial Sem Carne, com protestos e manifestações ao redor do mundo.

Ativistas do Peta fazem protesto nos EUA

Espanha: ativistas protestam contra tourada

Em Barcelona, na Espanha, homens e mulheres do grupo 'Igualdade Animal' posaram ensanguentados dentro de bandejas de isopor gigantes, que remetem às de carnes expostas em açougues. Embalados por um plástico, há também uma etiqueta de "carne humana", com o peso e um código de barras.

O Peta (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais) também organizou uma manifestação para celebrar a data em Bangalore, na Índia. Os ativistas do grupo, vestidos de presidiários, protestaram contra o transporte de animais para laboratórios farmacêuticos, onde, supostamente, seriam enjaulados, envenenados e mortos.

O Dia Mundial sem Carne é um evento internacional promovido pela ONG americana FARM (Farm Animal Reform Movement) e que tem como objetivo ajudar as pessoas a entenderem os benefícios de uma dieta baseada em vegetais e frutas.

Mulher posa ensanguentada dentro de bandeja de isopor gigante, em BarcelonaLluis Gene/AFP
protesto petaManjunath Kiran / AFP
protesto petaSajjad Hussain / AFP

Compartilhar