Femen protesta contra Lukashenko na Eurocopa

Presidente bielorrusso é muito criticado na Europa pelos ataques à liberdade em seu país

Seis militantes do movimento ucraniano Femen, que protestam com os seios de fora, criticaram neste domingo em Kiev contra a visita do presidente de Belarus, Alexander Lukashenko, à capital ucraniana para assistir neste domingo a final da Eurocopa.

 

As mulheres organizaram a manifestação diante do Estádio Olímpico de Kiev, palco da final entre Itália e Espanha.

 

Uma delas usava uma peruca e um bigode falso para imitar o presidente bielorrusso, que é muito criticado na Europa pelos ataques à liberdade em seu país.

 

"A Uefa demonstra que não tem nenhum tipo de escrúpulo ao aceitar que o dirigente bielorrusso, chamado de 'último ditador da Europa' pela última administração americana, assista a final da Eurocopa 2012", afirma o Femen em um comunicado.

 

A embaixada de Belarus na Ucrânia anunciou durante a semana que Lukashenko se encontraria neste domingo em Kiev com o colega ucraniano, Viktor Yanukovich, antes da final da Eurocopa.

 

O movimento Femen, que reúne 300 ativistas em Kiev, é famoso pelos protestos, que denunciam os ataques à liberdade, a prostituição e o turismo sexual.

 

Sergei Supinsky/AFP

Compartilhar