Papa critica capitalismo financeiro em missa

Durante a tradicional missa de Ano Novo, o Papa rezou pela paz no mundo e condenou as desigualdades sociais

O Papa Bento XVI rezou nesta terça-feira pela paz no mundo e condenou as desigualdades entre ricos e pobres, assim como o capitalismo financeiro não regulado, durante a tradicional missa de Ano Novo na Basílica de São Pedro, no Vaticano. No dia 1º de janeiro, a Igreja Católica celebra a jornada mundial da paz.

O Papa citou os "focos de tensão e de confronto provocados pela crescente desigualdade entre ricos e pobres, e a predominância da mentalidade egoísta e individualista que é também uma das manifestações do capitalismo financeiro não regulado".

Papa pede solução política na Síria

Bento XVI, no entanto, afirmou que a humanidade tem uma vocação inata para a paz e rezou pelo "dom da paz", citando um trecho da Bíblia: "Bem-aventurados os pacificadores porque eles serão chamados filhos de Deus".

Compartilhar