Parlamento francês aprova casamento gay

A votação contou com 331 deputados a favor e 225 contra; detratores do casamento homossexual alertaram que não vão parar de protestar

Os deputados franceses aprovaram nesta terça-feira o casamento e a adoção por parte de casais de mesmo sexo, que polarizou a sociedade deste país.

 

Na segunda e última leitura do texto na Assembleia Legislativa, 331 deputados votaram a favor e 225 contra.

 

Presidente francês denuncia atos homofóbicos


A votação na Assembleia Nacional, onde os socialistas no governo possuem uma confortável maioria, converteu a França no 14º país a legalizar o casamento homossexual. No recinto da Assembleia explodiram os aplausos e também gritos de rejeição.

 

O governo espera que a aprovação deste projeto de lei dissipe a crise provocada pelo tema, que foi uma das principais promessas da campanha do presidente François Hollande.

 

Mas a oposição de direita, que se alinhou de forma quase unânime contra este projeto, e os detratores do casamento gay que foram às ruas expressar sua desaprovação, alertaram que não vão parar de protestar.

 

A oposição prometeu apresentar um recurso ante o Conselho Constitucional contra esta lei.

Compartilhar