Trufas selvagens são vendidas por US$ 120 mil

Alimento é apreciado por chefs de cozinha por seu aroma; comprador é de Hong Kong

Uma oferta de 90 mil euros – equivalente a cerca de 120 mil dólares – venceu um leilão de trufas selvagens brancas neste domingo na Itália. O evento, chamado de “World Alba White Truffles Auction” ["Leilão Mundial das Trufas Brancas de Alba", em tradução livre para o português], foi realizado em Grinzane Cavour, no noroeste italiano. Alba é uma pequena cidade italiana entre Turim e Milão.

A oferta vencedora, feita por um comprador de Hong Kong, comprou duas trufas, que pesam, juntas, 950 gramas.

No leilão, as trufas puderam ser cheiradas pelos possíveis compradores.  Foi o que fez o chef francês Emmanuel Renaut, do conceituado restaurante Flocons de Sel, em Megeve, na França. Ele sentiu o odor das duas trufas adquiridas pelo comprador de Hong Kong no leilão. 

A trufa é um fungo, que é consumido pelos seres humanos há mais de três mil anos. Algumas das espécies têm sabor e aroma agradáveis. Sua colheita é feita com o auxílio de porcos e cães adestrados, que localizam as trufas pelo olfato.

A trufa selvagem branca, negociada no leilão, são apreciadas por chefs de cozinha devido ao seu inigualável aroma. As trufas de Alba são consideradas as melhores e as que exibem uma sutil coloração rosada têm um aroma mais marcante. As melhores safras ocorrem em outonos chuvosos, pois as trufas precisam de muita umidade para crescer.

Chef francês cheirou as trufas leiloadas:

Oliver Morin/AFP

Belas modelos apresentaram as trufas:

Oliver Morin/AFP

Compartilhar