Taubaté registra primeiro caso de zika vírus

Taubaté registrou o primeiro caso importado de zika em 2016. A vítima é 
uma mulher de 35 anos, moradora na região da Independência, não é 
gestante e passa bem.

Ela esteve no Rio de Janeiro para as festas de final de ano, entre os 
dias 23 de dezembro do ano passado e 2 de janeiro. Retornou a Taubaté e 
começou a apresentar os sintomas a partir do dia 5.

Os exames foram coletados e encaminhados no dia 11 ao Instituto Adolfo 
Lutz, em São Paulo. A confirmação do zika vírus veio na última 
terça-feira.

Com as primeiras suspeitas levantadas, na mesma semana as equipes do CAS 
(Controle de Animais Sinantrópicos) promoveram o bloqueio preventivo, 
com a nebulização em uma área de nove quarteirões no entorno da 
residência.

Este ano já foram registradas cinco notificações de zika vírus em 
Taubaté, com um resultado positivo, um negativo e três casos em fase de 
exames.

As notificações de dengue em 2016 somam 254, com 40 casos positivos 
autóctones, 1 caso importado, 2 negativos e 211 aguardando exames.

Até agora são 2 casos suspeitos de chikungunya, ambos aguardando o 
resultado dos exames.

Compartilhar