Dilma pede ajuda da população para combater zika

Presidente fez apelo em Pernambuco, estado com maior número de casos suspeitos de microcefalia causada pelo vírus

A presidente Dilma Rousseff pediu nesta quinta-feira ajuda da população no combate ao mosquito Aedes aegypti que transmite o vírus zika. Ela fez o apelo durante a cerimônia de inauguração da pista leste da Via Mangue, no Recife, Pernambuco, estado com maior número de casos suspeitos de microcefalia causada pelo vírus.

 

Segundo Dilma, as pessoas devem se conscientizar de que não podem deixar água parada, porque é ali que o mosquito se prolifera. O Aedes aegypti é o mesmo vetor da dengue e da febre chikungunya. “A gente só vai conseguir o combate - e ser vitorioso - se a população se engajar. É a população que pode nos ajudar para que a gente tire, enquanto não temos a vacina, as condições de reprodução do mosquito”, disse.


“Temos de fazer um esforço com os grandes laboratórios brasileiros e internacionais para a gente ter uma vacina, não só contra a dengue, mas, também, contra o Zika. E nós temos de dar todo o apoio e atendimento às crianças com microcefalia e suas famílias”, acrescentou a presidente.


Com 3.893 notificações de casos suspeitos de microcefalia causada pelo zika virus, o Ministério da Saúde confirmou 230 até agora. Um boletim epidemiológico divulgado na última quarta mostrou que as notificações foram registradas em 764 municípios de 21 unidades da federação.

Pernambuco, com 1.306 casos suspeitos, 33% do total, é o que tem o maior número de registros. Em seguida estão a Paraíba, com 665 casos; Bahia, com 496; e o Ceará, com 216. O Rio Grande do Norte tem 188 casos.

Você viu essas notícias?

Após rebaixar Plutão, cientista diz ter achado nono planeta

Lula: não há ninguém mais honesto do que eu

Nasa divulga fotos da primeira flor cultivada no espaço

Assista

Preso reage a empurrão e dá chutes e socos em policial

Preso reage a empurrão e dá chutes e socos em policialReprodução

Galeria de fotos

Fotos antigas mostram Paris na década de 1900; veja imagens

 Fotos antigas mostram Paris na década de 1900Musée Albert-Kahn/Département des Hauts-de-Seine

Compartilhar