Vale é condenada na Justiça mineira pela tragédia de Brumadinho

Não foi definido um valor para as indenizações, mas a Justiça manteve um bloqueio de R$ 11 bilhões das contas da empresa

A Vale foi condenada pela primeira vez na Justiça mineira pelo rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais, em janeiro deste ano.

Pela decisão, a mineradora deverá reparar todos os danos causados pelo colapso da estrutura.

Não foi definido um valor para as indenizações, mas a Justiça manteve um bloqueio de R$ 11 bilhões das contas da empresa.

A Vale não negou as responsabilidades em relação aos prejuízos decorrentes da queda da barragem e afirmou que faz um estudo para diagnosticar todos os impactos do pós-tragédia.

A queda da estrutura matou 247 pessoas e 23 seguem desaparecidas.

Compartilhar