Mais de 1500 denúncias: faltam Equipamentos de Proteção Individual em todo o Brasil

A Rádio Bandeirantes teve acesso exclusivo aos dados da Associação Médica Brasileira

Mais de 1500 denúncias sobre a falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) em todos o Brasil foram feitas à Associação Médica Brasileira desde a última quinta-feira. Esses são dados preliminares que a Rádio Bandeirantes teve acesso exclusivo e foram divulgados na reportagem de Lucas Herrero durante o programa 90 Minutos, apresentado por José Luiz Datena. 

Profissionais da saúde relatam problemas no estoque de álcool gel, máscaras, luvas, gorros, óculos e capote impermeável. O estado de São Paulo lidera o ranking nacional, com 449 reclamações, seguido por Minas Gerais, com 187; Rio Grande do Sul com 175 e Rio de Janeiro, com 148 denúncias.

INSCREVA-SE NO CANAL BAND JORNALISMO NO YOUTUBE E RECEBA O MELHOR CONTEÚDO QUANDO E ONDE QUISER

91% das denúncias trazem a falta de máscaras nos ambientes de trabalho e um terço aponta escassez de álcool gel para os profissionais da saúde em postos, ambulatórios e hospitais brasileiros. Esses equipamentos são extremamente importantes também para o paciente, já que ajudam a prevenir o contágio por meio de algum profissional que esteja contaminado, mas ainda não apresentou sintomas.  

Em nota, o Ministério da Saúde informa à Rádio Bandeirantes que já realizou a compra emergencial de 60 milhões de unidades de 21 itens de Equipamentos de Proteção Individual. Também está em andamento o processo de aquisição de mais 72 milhões de unidades.

Como esses dados são preliminares, a probablidade é que os números sejam maiores. O levantamento completo será divulgado até amanhã. 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar