Coronavírus: Estados Unidos restringem a entrada de brasileiros no país

Uruguai também pode adotar a medida devido ao aumento de casos da doença na fronteira com o Brasil

Os Estados Unidos anunciaram neste domingo, 24, que irão barrar a entrada de pessoas vindas do Brasil por causa da pandemia do novo coronavírus. O presidente norte-americano Donald Trump já havia insinuado que estaria prestes a tomar a medida há alguns dias, devido ao aumento de casos no Brasil, que já é segundo país em número de infectados.

INSCREVA-SE NO CANAL BAND JORNALISMO NO YOUTUBE E RECEBA O MELHOR CONTEÚDO QUANDO E ONDE QUISER

Em comunicado da assessoria de imprensa da Casa Branca, o presidente tornou pública a decisão de proteger os Estados Unidos ao suspender a entrada de estrangeiros que estiveram no Brasil no período de 14 dias antes de buscar a admissão no país.

"Já era uma expectativa. Um dos conselheiros da Casa Branca, ligado ao Departamento de Estado, já havia anunciado em um dos programas da CBS que essa medida estava em discussão. Tive a oportunidade de conversar com diplomatas brasileiros, mas eles tiveram restrição a comentar o assunto antes de que estivesse definido", disse Eduardo Castro, editor de Internacional do BandNews TV.

"Um outro detalhe, não só os Estados Unidos, mas o Uruguai é outro país que pode impedir a entrada de brasileiros já a partir de amanhã [segunda-feira, 25]. Porque o presidente Luis Lacalle Pou está indo para a fronteira brasileira depois que aumentou o número de casos de doentes por coronavírus na fronteira do Brasil com o Uruguai", completou o jornalista.

Compartilhar