Antes de morrer, João Pedro relatou estar com medo da operação policial

O jovem de 14 anos trocou mensagens com a mãe e com a tia, pedindo socorro durante a operação no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo

Horas antes de morrer durante uma operação no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, o jovem João Pedro, de 14 anos, enviou mensagens para a tia e para a mãe com medo do confronto que acontecia a poucos metros da casa onde estava. A BandNews FM teve acesso à troca de mensagens de João com a tia; ele pede socorro e a mulher tenta acalmar o sobrinho. As informações são do Pedro Antonio Guimarães. 

INSCREVA-SE NO CANAL BAND JORNALISMO NO YOUTUBE E RECEBA O MELHOR CONTEÚDO QUANDO E ONDE QUISER

"João, fica calmo, pelo amor de Deus. Olha só, não saia daí de dentro. Se a polícia chamar alguém, vocês atendem de boa", disse a tia do menino na mensagem. 

A Polícia Civil vai ouvir nesta semana o primo e outras quatro crianças que estavam na casa com João, além do médico bombeiro que atestou a morte do jovem. Os investigadores já sabem que a bala que matou o menino era de calibre 5.56, munição de fuzil utilizado por forças policiais, e também por traficantes.

Ouça o áudio:

Compartilhar