Vendas de assistentes virtuais crescem 50% no ano: Alexa é modelo mais desejado

O que as pessoas faziam antes da Alexa? É assim que começa o comercial que fez muito sucesso nos Estados Unidos com a apresentadora Ellen DeGeneres para o SuperBowl 2020 apresentado em primeira mão no seu programa “The Ellen Show”.

O vídeo mostra uma passagem do tempo onde vários personagens têm nomes parecidos com Alexa e são solicitados a fazer alguma ação, exatamente como podemos fazer hoje com a assistente virtual.

Atualmente, os especialistas afirmam que as casas inteligentes são um tendência e ter uma assistente virtual se tornou muito mais acessível do que em anos passados.

Um dos produtos responsáveis é exatamente a Alexa, que apresenta uma grande variedade de aparelhos. Somente em 2019 foram vendidos mais de 125 milhões desses smart speakers de várias marcas.

O crescimento foi de 50% em relação ao ano anterior e a Alexa foi a campeã com quase 30% de market share – o ranking é liderado pela Amazon, que vendeu 37,3 milhões de unidades (crescimento de 54%), chegando a uma participação de mercado de 29,9%.

O Google vendeu 23,8 milhões de smart speakers, crescendo 2% e chegando a 19,1% de market share. Em seguida, vêm Baidu (17,3% de unidades), Alibaba (16,8%) e Xiaomi (14,1%).

Compartilhar