Após renúncia de primeiro-ministro, libaneses voltam às ruas contra o governo

Mesmo com a renúncia do primeiro-ministro Hassan Diab e de todo o gabinete dele, manifestantes voltaram a protestar contra o governo no Líbano. Os libaneses acusam os governantes de negligência na explosão que deixou mais de 170 mortos na capital Beirute na semana passada.

Documentos revelados pela agência Reuters mostram que o primeiro-ministro e o presidente do país foram notificados em 20 de julho sobre a enorme quantidade de nitrato de amônio estocada no porto da cidade. Porém, nenhuma medida prática foi tomada.

Compartilhar