Janot: importante é o horário da notificação

Detalhe é fundamental para validar como prova conversa entre Lula e Dilma

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que o importante é saber quando exatamente a operadora Claro foi notificada oficialmente de que deveria interromper o grampo telefônico do ex-presidente Luiz Inácio Lula de Silva (PT).

Em Paris, Rodrigo Janot explicou que o momento que interessa, do ponto de vista jurídico, é quando a empresa foi informada, e não quando a escuta foi suspensa de fato.

Segundo o procurador, as conversas entre o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff que podem ser interpretadas como tentativa de obstrução de Justiça terão validade somente se ocorreram antes de a Claro ser notificada.

Janot viajou à Europa para analisar detalhes sobre a criação de uma força-tarefa binacional para dar continuidade à investigação da Operação Lava Jato.

Você viu essas notícias?

Manifestantes acampam na Avenida Paulista

Lula comenta grampos em carta aberta

Ouça os áudios que esquentaram a crise política

Gilmar Mendes avalia processo contra Lula

Assista:

Homem é perseguido na Paulista por usar camiseta vermelha

Homem é perseguido na Paulista por usar camiseta vermelhaReprodução

Fotos:

Posse de Lula é seguida de protestos pelo Brasil

Posse de Lula é seguida de protestos pelo BrasilMarcelo D. Sants/FramePhoto/Folhapress

Compartilhar