Fortune: Moro é o 13º líder mais importante

Revista disse que juiz é protagonista de versão real de Os Intocáveis

O juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, foi eleito o 13º líder mais importante no mundo em uma lista publicada pela revista Fortune nesta quinta-feira (24).

No perfil sobre o magistrado, a publicação norte-americana afirma que ele é o "protagonista principal" da versão brasileira e real do filme Os Intocáveis, ficção sobre a história verídica da equipe chefiada pelo o agente Eliot Ness, que lutou contra a máfia em Chicago (EUA) entre o final da década de 1920 e o começo dos anos 1930.

Além de dizer que o juiz fica bem ao aparecer na televisão, a publicação elogiou a atuação de Moro.

"Moro encabeçou o processo contra um esquema de corrupção descarado que roubou US$ 3 bilhões da Petrobras, a companhia nacional de petróleo, para o bolso de políticos e autoridades", descreve a Fortune. "Dilma Rousseff corre risco de impeachment, e a reputação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está esfarrapada. E mais importante: a coexistência passiva com a corrupção longamente endêmica na América Latina está se tornando um hábito do passado."

Revista britânica The Economist sugere saída de Dilma

Na lista, composta por 50 personalidades, Moro ficou acima do vocalista da band U2, Bono Vox (14º), e abaixo do empresário Huateng Ma (13º), o quinto homem mais rico na China.

Jeff Bezos, fundador do colossal Amazon, foi colocado no primeiro lugar da lista, seguido pela chanceler alemã Angela Merkel. O terceiro posto coube a Aung San Suu Kyi, prêmio Nobel da Paz, e o quarto, ao papa Francisco.

Você viu essas notícias?

Mulher e filha de Cunha recorrem ao STF

AM usará drones suíços para monitorar desmatamento

Lava Jato: planilhas de empreiteira listam nomes de políticos

Vídeo 

Mulher sobrevive a atropelamento impressionante em Minas Gerais

Mulher sobrevive a atropelamento impressionante em Minas Gerais

Reprodução


Galeria de fotos

Conheça a cidade chinesa que só vende bugigangas


Conheça a cidade chinesa que só vende bugigangasRichard John Seymour

Compartilhar

Deixe seu comentário