Cerveró começa a cumprir prisão domiciliar

Ex-diretor da Área Internacional da Petrobras esta preso desde 2015

Após fechar acordo de delação premiada, o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró foi para o Rio de Janeiro, onde cumprirá prisão domiciliar.

Ele deixou mais cedo a sede da Polícia Federal em Curitiba e vai cumprir a pena em um imóvel que mantém em Itaipava, na Região Serrana do Rio.

Cerveró estava preso desde janeiro de 2015 e aceitou devolver 17 milhões de reais aos cofres públicos.

O ex-diretor da Petrobras já foi condenado duas vezes, em 2015, por corrupção e lavagem de dinheiro em ações penais no âmbito da Lava Jato. Somadas, as penas superam 17 anos de prisão.

Veja também:
Petrobras orientou negócio com filho de FHC

Compartilhar

Deixe seu comentário